Etapas que poderão contribuir na evolução da estrutura organizacional

Muitas organizações iniciaram grandes mudanças estruturais em suas organizações com a intenção de se adaptar às necessidades do mundo altamente volátil e incerto, justamente por estas duas naturezas, sabemos que receitas prontas com resultados previsíveis são ilusórios =) Um novo aprendizado está emergindo, sintetizei em três etapas alguns deles para te ajudar nesta jornada rumo a liberação da potência criativa, inovadora e humana das organizações:

Etapa de Preparação

Identificação da Rede de Influenciadores Positivos

  1. Aqueles que serão acessados pela rede de colaboradores quando tiverem problemas, não são identificados somente pelo cargo, mas pela influência que exercem.
  2. Processos de coaching individual e/ou grupo para preparar os influenciadores.

Mentoria do RH, Sócios e Diretores

  1. Trabalhar a mudança de modelo mental, exercício diferenciado do poder, tomada de decisão, posição, postura e papel.

Workshops preparativos com as lideranças (aquelas que serão impactadas e poderão se tornar líderes do movimento de transformação)

  1. Workshop de relações horizontais, dinâmicas relacionais para conversas adultas.
  2. Workshop de gestão de conflitos, como lidar e o que faremos quando ocorrer?
  3. Workshop de Delegação, existem formas diferentes de delegar que geralmente não existiam no modelo tradicional vertical.
  4. Outros possíveis de acordo com a cultura e o modelo de negócio.

Olhar para os processos atuais que envolvem a Gestão DE pessoas para COM pessoas.

  1. Processo seletivo, avaliação, feedback e outros que levem à coerência interna.

Etapa de Implantação

Co-design da nova estrutura

  1. Apresentação de modelos inspiracionais para entender as mudanças dentro do mundo VUCA e despertar o sentimento de não estar sozinho, é um movimento global.

Implantação em um piloto

  1. Eleição de uma unidade para pilotar o desenho atual e levantar os aprendizados e refinamento do desenho (o desenho poderá ser versionado em ciclos de aprendizado).

Implantação do novo desenho em toda organização.

  1. Preparação das pessoas com ganhos, possíveis perdas, espaço do não saber e perguntas sobre a mudança.

Intervenções para lidar com o erro

  1. O erro faz parte do processo, buscar ressignificar o erro e incluir possibilidades de tomada de decisão e consequências para agir rápido, errar rápido e aprender rápido.

Atenção aos modelos mentais ativos

  1. Conversas sobre as mudanças de modelos mentais a partir do que emerge na implantação.
  2. Olhar atento e escuta ativa às tensões que surgem, momento muito importante de inclusão.

Etapa de sustentação

Ciclos de vivência e aprendizado

  1. Conversas contínuas, espaço para trocas de experiências e aprendizados com o novo modelo.

Plataforma e tecnologia para apoio aos processos

  1. Processos coerentes com o novo modelo
  2. Busca pelas incoerências e distorções do novo modelo.

Aprendizado contínuo

  1. Ciclos de evolução, o processo é contínuo, sempre em beta e exige dedicação
  2. Pessoas atuando como protagonistas.

E se quiser tomar um café e nos contar como você está Reinventando a sua Organização, será um prazer te receber =) erica@corall.net

Artigo originalmente publicado no blog Gestão Fora da Caixa da Exame