Transparência dentro das organizações

Gary Hamel fala sobre o acesso aos dados de desempenho, que é um ponto crucial nas organizações inovadoras. A transparência é essencial para a construção de confiança e, sobretudo, para que se atinjam bons resultados. É ela que dá condições para que todos os colaboradores participem ativamente da gestão da sua localidade. Por exemplo, a empresa pode deixar disponível para cada unidade, e por time, informações que permitem que eles possam se comparar com outros times que fazem a mesma coisa em outras unidades e aprender com isso.

“A Rhytm&Hues — um estúdio de animação digital — é, como muitas outras companhias, um livro aberto em relação às suas informações financeiras”, diz Bo Burlingham, em seu livro Small Giants: Companies that choose to be great instead of big (Pequenos Gigantes: Companhias que escolheram ser grandiosas, em vez de serem grandes). “Todas as sextas-feiras, os empregados se reúnem no auditório onde o presidente da empresa John Hughes e outros gerentes atualizam suas informações sobre negócios e até mesmo sobre os comerciais para televisão.” Todas as empresas que pesquisamos dão grande transparência de informação a seus colaboradores, um elemento fundamental para que estes possam assumir maiores responsabilidades.