Conversas que Transformam

 

 

No dia 5 de abril de 2017 a Corall completou seu quarto aniversário e aproveitou a oportunidade para lançar um livro com as primeiras 20 entrevistas “Diálogos com CEOs”, publicadas em seu blog ao longo de 2016. Foram mais de 160 participantes no evento, entre clientes, parceiros e amigos, e, neste grupo, onze dos CEOs entrevistados puderam nos presentear com sua presença.

Decidimos proporcionar uma experiência diferente aos participantes e convidamos os onze CEOs para um diálogo no pequeno palco montado numa sala na Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima, um espaço hospitaleiro e convidativo a reflexões sobre nosso papel na sociedade.

O diálogo, facilitado pelo nosso sócio Fabio Betti, foi um exemplo vivo da riqueza de perspectivas e possibilidades quando se acessa a inteligência coletiva de um sistema. Três dos CEOs trouxeram dilemas e inquietações que estão enfrentando hoje em seus ambientes organizacionais. Dilemas difíceis, complexos, ambíguos, longes de possuírem uma resposta ou endereçamento rápido. Aquele tipo de dilema que, quando nos projetamos nos sapatos dos CEOs que o estão experienciando, nos traz o desconforto natural da incerteza… “e agora… o que eu faria?…”.

Como manter a energia e motivação da organização quando vier o novo ciclo de baixa? Como administrar as cada vez mais presentes demandas de curto e longo prazo, num negócio tradicional e que será fortemente impactado pelo mundo digital? Como lidar com temas éticos profundos, que nos levam ao questionamento do valor do bem individual e do coletivo, no contexto social que estamos vivendo?

A cada contribuição espontânea dos participantes, uma nova cortina de possibilidades se abria, com reflexões de alto nível que ampliavam nossos horizontes. Para nós, sócios da Corall, o que mais nos mobilizou e alegrou, no entanto, não foi apenas poder apreciar respostas inteligentes e perspicazes de líderes que deram mostras do porquê chegaram onde chegaram. O que mais nos tocou foi reconhecer que nestes parceiros, encontramos a crença comum em pilares fundamentais para a transformação e evolução efetiva de organizações e grupos sociais.

Crença na força do propósito, como elemento aglutinador para a jornada, atraindo e conectando sonhos individuais com o movimento de evolução da organização. Crença na transparência e no diálogo aberto, que possibilitam o acesso à inteligência coletiva e à verdadeira energia do engajamento. Crença na importância de se fazer bons convites, genuínos, que falam com razão e emoção, e que muitas vezes não se importam de penetrar no espaço da vulnerabilidade, do não saber, do verdadeiro sentir por trás das situações difíceis, mas que criam a liga para a conexão humana que quebra barreiras e nos coloca juntos, no mesmo barco.

Além de felizes pela rica oportunidade de acessar tantos conhecimentos, ficamos extremamente realizados com a convicção de que mais e mais executivos estão conectados com o propósito de catalisar a criação de novos modelos de organização e de relacionamento para acelerar o emergir de uma nova economia, baseada na prosperidade compartilhada, no uso eficiente de recursos e na felicidade e bem-estar. Este mesmo propósito, ao qual nós da Corall estamos servindo.

Artigo originalmente publicado no blog Gestão Fora da Caixa da Exame.com

Posso ajudar?