Escuta

Muita calma, nem tudo é o que parece ser

Nossos comportamentos e escolhas de vida são muito influenciados pela forma como vemos o mundo e atribuímos significados para o que vivemos. Nosso cérebro identifica padrões nas situações que experimentamos e depois de um determinado tempo é capaz, de forma automática, de disparar uma reação comportamental, sem passar por uma nova reflexão. Este mecanismo de memória é ótimo e sem ele a vida seria bem complicada: imagine toda vez que fosse atravessar uma rua tivesse que interpretar o significado de uma faixa de pedestres! Para combinados sociais que mudam raramente, este mecanismo nos poupa muito tempo! Porém em relacionamentos, agir…

Aprecie sem moderação

Tenho me assustado com os atuais níveis de intolerância que venho observando nas interações entre pessoas. E não falo só da polarização nas redes sociais. No mundo do trabalho, não me recordo de já ter vivido um ambiente tão tenso e com tantas dinâmicas de desqualificação — e isso entre pessoas que, a priori, estão no mesmo barco e deveriam portanto, remar para a mesma direção. É um tal de um falar mal do outro, numa perseguição cega por culpados que até um consultor já calejado como eu se surpreende com a quantidade de conflitos de natureza visivelmente emocional e agendas ocultas…