Motivação

O que aparece quando o piloto automático some

– E aí, como estão as coisas? – Ah, você sabe, na correria de sempre… – Sei! Aqui é a mesma coisa. Essa é uma conversa padrão entre duas pessoas que trabalham, entre dois adultos atarefados. E, sabe de uma coisa? Confesso que me intriga pensar em que momento aprendemos que estar “na correria de sempre” é algo bom e aceitável. Meu incômodo começou há quatro anos, quando tirei um período sabático de dez meses. Ao me desligar e me preparar para as viagens, me dei conta de que carregava um cansaço acumulado de duas décadas de importantes realizações profissionais,…